[Relatório] Terror em Brasilis!!!

    Compartilhe
    avatar
    Icarus Morrisane
    Seeker
    Seeker

    Mensagens : 332
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 04/07/2010
    Idade : 21
    Localização : Kunlun

    [Relatório] Terror em Brasilis!!!

    Mensagem  Icarus Morrisane em Seg Nov 22, 2010 7:50 am

    Então é isso, na confraternização de ontem, houve histórias de terror, e eu gostaria de juntá-las aqui para quem não foi poder ler, ou mesmo para os que foram poderem se divertir.
    PS: Há uma votação no fórum oficial do exército da chama, votem lá!


    A Primeira Temporada!

    Amigos reunidos em Brasilis, quando Thunder Joe dá uma sugestão:

    – Façamos uma roda, e contemos histórias de terror!

    Todos gostaram da ideia, inclusive Lucas, que ajudou a formar a roda com os amigos presentes ali. O primeiro a contar foi Lucas.


    "Capítulo 1 - Corvo do Destino"

    Eu estava andando por Morroc quando um cara me pediu ajuda para entregar uma carta ou livro, não me lembro direito. Ele queria umas fotos de uma tal de Mammi. Rodei o mundo inteiro atrás do livro do corvo do destino. Mas não é essa a parte assustadora. Quando eu encostei a mão no livro, fui transportado para um lugar, em chamas. Ouvia gritos e gemidos de pessoas em agonia por todos os lados. Fui avançando entre as chamas para ver onde estava quando vi um vulto. Era uma mulher metade... metade alguma coisa. Era cheia de tentáculos, era roxa e mutante... e feio. E quando me aproximei mais fiquei cego por um feixe de luz.
    Quando acordei, eu estava na biblioteca novamente. Pesquisei sobre incêndios quando encontrei uma reportagem em um jornal bem antigo. Dizia:

    "Alerta de Deus: Laboratório secreto reduzido a cinzas"

    Fui atrás do lugar, e lá encontrei uma comunidade, não só de pessoas comuns. Eu achei outro daqueles mutantes, sério! Meu coração pulou pela boca. Mas o coitado até que era bonzinho... o nome dele era Zid e me contou que a moça dos sonhos dele se chamava Eva. Eles tinham sido cobaias num experimento, outros mutantes vieram para a caverna e o namorado de Eva se matou, mas eles tiveram uma filha antes, que fugiu. Ela é meio-humana e pode se disfarçar de humana, portanto tomem cuidado, tem um mutante vivendo entre nós.


    _________________________________________________________________

    Após Lucas terminar de contar, foi a vez de Thunder Joe.
    _________________________________________________________________

    "Capítulo 2 - A Lenda de Digotz"

    O fato ocorreu em Lighthalzen, havia dois amigos, ora um se chamava Digotz (O mais rico) e outro se chamava Maku (O mais pobre). Com o passar do tempo, essa amizade foi separada porque um ficou de um lado da cidade, a favela, e outro na área mais rica.
    Eis que numa tentativa de unir os dois novamente, Digotz decidiu ir ver o velho amigo e Maku ficou esperando. E ficou esperando... Mas Digotz não voltou.
    Um amigo de Maku encontrou o corpo de Digotz (Esfaqueado pelos guardas) e foi chamar Maku, mas quando voltaram o corpo não estava mais lá. Mais tarde esse mesmo amigo de Maku foi morto, e testemunhas dizem que foi digotz. Guardas e pessoas inocentes morreram, e morrem até hoje, e as testemunhas dizem que foi Digotz.
    Por isso pensem duas vezes ao andarem sozinhos à noite por Lighthalzen... pode ser sua última caminhada.

    _________________________________________________________________

    O Próximo voluntário foi Lothar S. Mustang.
    _________________________________________________________________

    "Capítulo 3 - Baal Fraulens, o elfo caído"

    Baal era um soldado do reino élfico e lutou na guerra, foi aprisionado pelos humanos em um centro de confinamento de prisioneiros. Ele havia sido humilhado e torturado por dias mas se recusava a contar a localização do reino. Sua filha e esposa foram capturadas, Baal ficou louco e tentou convencê-los de que não as conhecia. Durante sete dias e sete noites elas sofreram mais que o próprio Baal.
    Foram queimadas com metal em brasas, tinham unhas arrancadas e eram violentadas sexualmente de todas as formas, durante sete dias. Ele era obrigado a assistir a isso e quando sua família morreu ele ficou completamente louco, e começou a falar em uma língua estranha e ignorava as torturas.
    Chegou um dia, que com medo, os humanos tentaram matá-lo, o enforcaram, depois cortaram em pedaços, queimaram em fogueiras e enterraram o mais fundo possível.
    Sete dias depois de sua morte, começaram a acontecer acidentes, homens estavam morrendo de todas as formas, e tudo feito por eles mesmos. No final, os que não se mataram, foram mortos pelos que Baal possuía, mas um escapou. Ele fugiu da guerra e se isolou do mundo, e morou em uma casa na colina.
    Um dia, olhando para o espelho viu o reflexo de Baal... e aconteceu. Sete dias depois os guardas subiram a colina, porque viram fumaça, e quando chegaram lá em cima, viram uma casa em cinzas e um corpo queimado, pendurado por uma estaca que vinha da cabeça aos pés, e nas cinzas que o vento não levou... o número 7.

    __________________________________________________________________
    Depois dessa terrível história o próximo foi Celas Clare, com uma curta história.
    __________________________________________________________________

    "Capítulo 4 - O conto de Glast Heim"

    O conto se passa em Glast Heim, cinco amigos aventureiros decidiram ir para lá à meia-noite numa cova vazia, no cemitério local.
    Lá dentro, um dos amigos estava com muito medo, e insistia para sair. Quando estavam saindo, esse mesmo amigo ficou por último, mas algo o puxava e o segurava e os outros amigos fugiram.
    No dia seguinte encontraram ele morto no mesmo lugar, com uma raiz que o havia segurado.

    __________________________________________________________________

    Mais histórias foram contadas naquele dia, você se lembra de mais alguma? Poste aqui!

      Data/hora atual: Seg Maio 21, 2018 4:36 pm