Carta de Apresentação – A Reunião com o Líder Divino

    Compartilhe
    avatar
    Leon
    Beholder
    Beholder

    Mensagens : 16
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 08/02/2011
    Idade : 28
    Localização : Não Confirmada.

    Carta de Apresentação – A Reunião com o Líder Divino

    Mensagem  Leon em Sex Fev 11, 2011 9:28 am

    Carta de Apresentação – A Reunião com o Líder Divino

    “No dia seguinte, o Cavaleiro se via em direção ao Aeroporto de Lighthalzen, ainda muito cedo.
    - Bem... Ao menos poderei visitar meus pais enquanto espero. - pensou tentando enganar a si mesmo.
    Já no horário previsto ainda deitado sobre o feno nos estábulos de Prontera se perguntava várias e várias vezes o porquê de ter se decidido por tal encontro. Não dava mais tempo. Estava atrasado.
    - Tanto a falar e ainda deixas um Lorde a sua espera!!! - enraivecido murmurava consigo mesmo.
    - Ridículo!!! Ele não estará lá!!! Terás sorte se não vierem atrás de ti pedindo explicações!!! - perdia-se em pensamentos.
    Até que sem que notasse já estava no local marcado. A Praça da Amizade. Centro da Capital.
    Via um jovem sentado, distraído e com o olhar distante.
    - Não há duvidas. Já o vi antes, sei que é ele! Mas... Assim de perto... Parece mais jovem que eu!? O homem dito como enviado da Deusa é esse garoto?
    Não podia crer. As vestes, o Estandarte de Rachel, o Símbolo dos Guardiões. À medida que se aproximava seu corpo podia sentir por inteiro. Estava diante de alguém forte. Não sabia como explicar, mas era uma presença que ignorava qualquer aparência. Estava paralisado.
    Estando de frente com a figura marcante só havia forças para uma única frase:
    - Os representantes da Deusa teriam lugar para um homem sem honra que traiu seus acolhedores por onde quer que passe?
    O Lorde estava sentado sobre um banco, olhando para as nuvens, com alguns papeis em mãos quando percebe que alguém intrometeu-se na sua frente e tapou-lhe o sol.
    - Bom, arrependeste do que fizeste? – Dizia o Lorde, sereno e impassível, como se já tivesse notado todos os pensamentos do Cavaleiro só de lhe olhar nos olhos.
    Essas palavras doíam mais que a lamina de uma espada.
    - Remorso não é uma palavra com a qual eu esteja familiarizado, nobre senhor... Procuro apenas um motivo para continuar a vestir essa armadura, que não seja apenas manter de pé um corpo vazio... Quero apenas um caminho a seguir, e seguirei cegamente, pois com esses olhos, já não há mais o que enxergar.
    Rockstar solta um breve riso e o encara um pouco surpreso
    - Neste mundo, já vi vários tipos de pessoas, desde assassinos, ladrões, covardes e nobres... Porém és o primeiro que vejo em busca de um motivo para viver. Mas diga-me, achas que entre os Guardiões de Freya encontrará as respostas, ou um motivo para viver?
    O Cavaleiro manteve-se em silêncio.
    - Saiba que este mundo é ruim, e tenebroso. Aqueles que queiram mudar essa realidade sofrerão e serão perseguidos, mas se mesmo assim, acredita em algo maior, em que até mesmo os Deuses não poderão intervir no destino de um homem, saiba que será bem vindo. – Continuou.
    O Cavaleiro não sabia o que sentir. Era nítida a superioridade do Lorde, tanto em poder quanto em caráter e ainda assim ele tratava um “Desertor” assumido com tamanha simplicidade.
    Só havia uma única certeza: Aquela era a última chance que ele teria para conseguir um motivo para sua existência. Não poderia deixá-la escapar ou estaria condenado a sua própria inexistência.
    Quando caiu em si notou que havia mais alguns por perto com o Símbolo dos Guardiões em suas roupas. Uma bela garota, recostada em um canto. A qual não se sabia dizer se estava perdida em seus próprios devaneios ou se prestara atenção a cada movimento dos que ali se encontravam. E um homem de cabelos loiros e atrapalhados, nitidamente atarefado e agitado.
    Umas últimas palavras foram trocadas antes que os dois acompanhantes se juntassem a conversa:
    - Lhe devo desculpas Lorde Rockstar. Cheguei atrasado.
    - Não me trate tão formalmente. Não sou dono do mundo pra isso... No mais... Também não cheguei na hora...”

    [OFF] O trecho acima é composto de palavras trocadas entre mim e o próprio Rockstar durante a conversa em que tivemos. Vários assuntos foram tratados, tanto em ON quanto em OFF. Apenas editei a conversa em ON para dar continuidade ao tópico anterior. Como dito anteriormente pretendo utilizar essas em proveito próprio sendo que todas já foram vistas e autorizadas pelo próprio Rockstar que já está a par de minhas intenções.
    Não sou dos melhores RPGistas e com certeza sou um dos piores tipos de pessoa, mas fiquei motivado por ter uma chance e não to afim de deixar passar.
    Espero poder acrescentar algo ao clã e não decepcionar mais ninguém.

      Data/hora atual: Ter Ago 21, 2018 5:30 pm