Relatório: [RP] A Maldição de Veins

    Compartilhe
    avatar
    -Rockstar-
    Administrador
    Administrador

    Mensagens : 933
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 01/07/2010
    Idade : 24
    Localização : Sacro-Império de Arunafeltz.

    Relatório: [RP] A Maldição de Veins

    Mensagem  -Rockstar- em Qua Mar 23, 2011 12:29 am




    Estavam presentes os seguintes membros do qual descrevo:

    -Rockstar-

    SuperREI

    HardCore'~

    Chiron Gunnarr ~*

    Albert Johny

    Yuuki SA ~*

    Lennys

    iSora

    Engabelorus

    Wánpí

    (RAV) Eduard

    Nana Seashell



    Está Role Play ocorreu dia 19/03/11 às 18:00 horas em Veins.



    Os boatos corriqueiros sobre a epidemia de Veins haviam se espalhado por todo Sacro-Império de Arunafeltz e os outros estados como a República e o Reino. Logo, Veins parecia ainda mais deserta e triste do que foi, sua solidão consumia a todos que lá residiam, junto do caos e medo de contrair a doença.

    Sobre as paredes santas que compunham o Templo de Veins, um agrupamento de heróis estavam dispostos a ajudar e por fim sobre aquele mistério, se houvesse culpados, estes seriam punidos por todo mal que fizeram. Se não houvessem, iriam se esforçar além de suas forças para trazer a prometida cura.

    Aos poucos, as imagens sacras viam-se atentas sobre os olhos de todos que estavam ali. Das mais diversas classes, de arruaceiros a cavaleiros. Todos estavam unidos por um ideal: Por fim ao sofrimento de todos.


    O Cavaleiro Rúnico aguardava todos em silêncio, esperando-os se acomodarem sobre os bancos. Alguns permaneciam em pé, aguardando as palavras do jovem moço de cabelos azuis.


    Rockstar resumiu os fatos pausadamente, admitindo não compreender o mistério por trás da Punição de Freya, sendo assim, muitos se expressaram até tomarem como primeira medida: buscar informações básicas com o Guarda da cidade de Veins, próximo a entrada da cidade.



    O guarda parecia estar nervoso e soltando espirros a todo instante até a chegada dos nosso heróis. Rindo, e admirando tal figura curiosa, o cavaleiro SuperRei aproximou-se confessando:

    -Isso é interessante...- Logo disse sem cerimônia- Oi guarda... qual seu nome?

    O guarda cordialmente apresentou-se, seguindo de seus espirros. O ferreiro, sentiu pena do pobre homem e afastando-se alguns passos completou:

    -Que Freyja te abençoe. Está tudo bem? Dizia olhando amedrontado para os espirros, passando a sentir-se mal.

    - Eca! Diz Gunnar, mostrando-se desconfortável de tal cena, junto com RAV o criador.

    -Quando começou a se sentir estranho? Lennys, o observava serenamente.

    - Desde o dia peguei chuva e vento. Diz o guarda apavorado. Mas pode ser a Punição de Freya!

    E assim o tempo passou-se em uma interrogação sem fim, logo o guarda estava disposto a responder todas as perguntas. O fato que a muito tempo, os moradores mais antigos de Veins, contavam o boato de um sacerdote que havia dito que devido a ganância sobre o Vulcão de Thor, os moradores da pacata cidade haviam esquecido seus valores religiosos e assim, Freya os puniria.

    Logo, o Guarda recomendo-os procurar um cientista no andar superior da loja de utilidades, pois este poderia conter informações mais precisas a medida da história e dos fatos ligado a estranha doença, e assim todos se dirigiram ao cientista.


    O cientista ocupado com suas experiências, percebe a entrada de todos em sua sala e um pouco movido por sua insanidade sem fim, pergunta-os sobre o que desejavam.

    Ele foi até sua mesa e pôs-se a ler um livro antigo, um manuscrito sobre um sacerdote que habitava o antigo Templo, que havia dito com suas palavras, sobre a Punição Santa, e assim dado origem ao boato a muitos anos atrás, sendo que logo mais tarde desaparecerá junto com os boatos de uma ilha, um Monastério que jamais foi encontrado por qualquer aventureiro.

    Assim, para terminar, perguntam-o aonde acharas tal livro e então ele admite ter comprado de um velho em uma tenda a esquerda de sua loja, porém alertando que ele estaria louco.




    O velho chamava-se Lockenlock, um sujeito baixo e velho, armado de uma bengala e um chapéu que lhe tapava a fronte. Ele prometeu contar-lhes tudo que sabia mas em troca deviam prometer lhe ajudar a chegar as margens do mar, no pier, pois ele havia de tentar salvar todos da maldição de Veins.

    Logo prometido, ele contou sobre a volta de uma figura estranha a cidade de Veins há alguns anos atrás, do qual ele dizia ser o sacerdote que foi embora. Este decepcionado após seu retorno, havia lançado uma maldição na cidade, e o único modo de salva-la era arrependendo-se de seus pecados.

    Assim, Lennys ajudou o pobre homem, junto com os demais a chegar nas margens do mar. Este abaixou-se e ajoelhou-se e assim pediu aos demais. Ao orar pelo perdão da cidade, o mar escureceu e o sol foi tapado pelas nuvens, acompanhadas de uma garoa fina e um nevoeiro ao auto-mar, junto com este, aproximava-se uma figura misteriosa flutuando sobre uma prancha de madeira apodrecida, do que teria sido um barco. Era um necromante.

    Todos assustados, logo sacaram suas espadas e preparavam-se para o pior, porém o necromante revelou-se como o sacerdote de muito tempo atrás, confessado de ter jogado a maldição em Veins.

    Dizia ele que, após seu retorno penoso em troca de um grande sacrifício, notara que todos os habitantes de Veins haviam esquecido sobre o destino daqueles que foram para a Ilha Esquecida e desapareceram com ela, com isso, ele lançou sobre todos aqueles que eram nativos de Veins e possuíam algum parente na ilha, deveriam pagar pelo seu esquecimento com uma das pragas que a abalam. E assim seria até que alguém viesse ao mar e orasse pelas almas perdidas naquele enigma sem resposta.


    Indignada, Nana e os demais queriam destruir o monstro, porém este avisou-os antes de partir: Para que jamais pisem nas terras amaldiçoadas de tal ilha com interesses profanos, como a ambição, se não iriam ser mortos e jamais voltariam, e seriam mortos por suas mãos e de outros necromantes que habitavam a ilha.


    Após o regresso de todos a ilha, o velho desenfaixou seu braço e reparou que as manchas de sua doença haviam sumido, sendo assim a maldição do necromante havia sido retirada. Pondo fim nesta misteriosa doença.




    Fim de Role Play!




    Está ai pessoal, privei-me das falas pois eram muitas. Mesmo assim, coloquei os principais fatos que constituiam esta Rp, visto que era bem simples e permitiu a todos terem grande desenvoltura.

    Abraços a todos, e até a próxima! Rockstar.


    _________________

    Servidor Thor. Role-playing game. Click na assinatura. Obrigado Eddie.
    Fanfics:

    A História de Rockstar A história de um espadachim sedento por vingança Aventura (completa)
    Clérigo Um universo onde o bem e o mal é tênue Suspense (em progresso)
    avatar
    DaniloMorgan
    Hodremlin
    Hodremlin

    Mensagens : 179
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 31/10/2010
    Idade : 26
    Localização : Yggdrasil, A Árvore da Vida

    Relatório: [RP] A Maldição de Veins

    Mensagem  DaniloMorgan em Qua Mar 23, 2011 1:01 pm

    A RP foi muito legal, adorei fazê-la, apesar de quase ter me tornado um Pedre fazendo missa no cais.

    Prometo que vou me conter nas próximas RPs e claro que logo teremos mais RPs e eu estarei participando.

    Além disso logo postarei as SSs do RP. São muitas! Tirei de praticamente todas as falas!
    avatar
    Ikke
    Hodremlin
    Hodremlin

    Mensagens : 146
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 28/03/2011
    Idade : 26
    Localização : Brasilis

    Re: Relatório: [RP] A Maldição de Veins

    Mensagem  Ikke em Ter Mar 29, 2011 12:25 pm

    Muito legal


    Quero participar logo da minha primeira...

    Queria aproveitar para fazer um pedido, com muita gentileza peço que se vcs pudessem organizar alguma das RP's para o final de semana durante o dia de manhã seria ótimo, mas acho que é pedir demais...

    Já que não possuo muito tempo durante a semana pois faço faculdade e Trabalho ao mesmo tempo..

    Se não puderem entnderei perfeitamente...

    Agradeço desde de já...

    Abraços
    avatar
    -Rockstar-
    Administrador
    Administrador

    Mensagens : 933
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 01/07/2010
    Idade : 24
    Localização : Sacro-Império de Arunafeltz.

    Re: Relatório: [RP] A Maldição de Veins

    Mensagem  -Rockstar- em Ter Mar 29, 2011 2:37 pm

    Ah sim, mas eu sempre faço as Rps em sábados ou domingos, agora que as férias acabaram vai voltar a essa rotina. Vou bolar uma e farei como pedido ^^

    Abraços, Rockstar.


    _________________

    Servidor Thor. Role-playing game. Click na assinatura. Obrigado Eddie.
    Fanfics:

    A História de Rockstar A história de um espadachim sedento por vingança Aventura (completa)
    Clérigo Um universo onde o bem e o mal é tênue Suspense (em progresso)

    Conteúdo patrocinado

    Re: Relatório: [RP] A Maldição de Veins

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Out 24, 2017 7:11 am