Relatório [RP: Não me Procure!]

    Compartilhe
    avatar
    Bento
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 533
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 23/12/2010
    Idade : 24
    Localização : Rune Midgard

    Relatório [RP: Não me Procure!]

    Mensagem  Bento em Ter Set 20, 2011 6:40 am

    Relatório – RP Não me procure.

    Por ter perdido o savechat e as screen shots da RP, irei considerar, todo o clã presente no dia da RP.

    O dia já firmava seus raios de sol, comum na cidade de Rachel. Todos os integrantes do Garten Von Edda, estavam presentes no Templo de Rachel.

    Ali, encontrariam Bento, ainda debilitado, pelo ferimento, ocasionado por um Arruaceiro há uma semana.

    - Obrigado por virem. Fico feliz de vê-los aqui, e que estejam bem. – Bento fazia a recepção de todos em seu quarto no templo.

    - Por nada. Você está bem? – Saiu quase como um coral, todos se perguntavam da situação atual de Bento.

    - Melhorando, ainda não posso me mover direito, mas vou ficar vivo. – Bento dizia sendo um pouco irônico.

    - Creio que lhes devo uma explicação breve. Devem estar muito confusos.

    - Por favor Bento, não estou entendendo o que aconteceu. – Dizia Ferus, de canto, observando tudo.

    - Bom, como já sabiam, meu pai está de volta. Como um presente dos deuses, ele teve uma nova oportunidade entre nós vivos. – Bento dizia enquanto prestava atenção na reação dos demais, e enquanto Bear tentava cavar em cima do tapete do templo, aparado por Yuuki.

    - No exato dia da confraternização, logo após todos irem embora, fui atender a porta, e acabei levando uma facada na barriga. Por sorte, meu pai logo me trouxe até o templo, onde puderam cuidar de mim. – Bento dizia ao notar o espanto de todos.

    - Esse é meu pai, Ermian. – Bento apontava para o Lorde que aparecia na porta.

    - Olá guardiões. Prazer em lhes conhecer. – Ferus olhava para Ermian, e achara seu rosto e seu nome familiar, mas até aquele momento, não lhe vinha à cabeça quem realmente era.

    - Vejo que Bento já adiantou um pouco da história. Bom, depois disso, consegui encontrar aquele que atacara Bento. – Ermian dizia ao olhar todos agora voltando a atenção para Ermian.

    - O infeliz na verdade, queria saldar uma dívida com Rockstar, o antigo líder de vocês. Mas enquanto não conseguisse saldar sua dívida diretamente com ele, faria isso com os próximos à ele.

    - Por isso achei melhor que fosse convocados todos do clã. Pois poderiam ser pegos de guarda baixa, e sabe-se lá o que esse maldito pode fazer... – Ermian pausava ao ouvir passos

    - Senhor Ermian, chegou uma carta para você. – Dizia um jovem entrando na sala timidamente.

    - Ah sim, obrigado. – Ermian agradecia ao pegar o envelope e de imediato começava a ler. – Um minuto por favor...

    Nesse momento, Ermian, faz uma expressão, que ao mesmo tempo indicava susto, e raiva. Todos ficaram confusos, até que Bento perguntava o que teria acontecido.

    - Maldito, está a dois pés a nossa frente. O maldito está marcando um local para irmos. Taverna de Morroc à Leste. – Ermian dizia amassando o papel com raiva.

    - Isso pode ser uma cilada. – Dizia Yuuki pensativa com a situação.

    - Mas não temos outra escolha, o melhor é irmos conferir. – Dizia Ferus determinado.

    - Concordo com o cavaleiro. Temo de ir investigar. Mas com muito cuidado. – Dizia Ermian, curioso achando o rosto de Ferus familiar.

    E assim, todos concordam em ir até a taverna investigar. Bento porém, teve de ficar no Templo. Ainda estava debilitado, e não poderia seguir viagem naquelas condições.

    - O que querem? – Dizia o dono da Taverna, achando estranha a entrada de um grupo tão grande, sabia que não queriam apenas beber.

    - Recebemos um bilhete, de um arruaceiro... – Ermian dizia mas logo é cortado pelo dono.

    - Já imagino o que queiram. Tinha um arruaceiro aqui, me deixou esse bilhete, disse que era para ser entregue pelo primeiro que procurasse por ele. Só pode ser vocês. – Dizia o dono tentando se livrar de uma confusão.

    Assim então Ermian recebe o bilhete, e logo, uma nova surpresa. O arruaceiro estava os redirecionando novamente.

    - Filho da mãe, está nos mandando ir para a pirâmide. Devemos encontrar o professor de habilidades especiais para gatunos. – Ermian diz ainda mais nervoso.

    - Ele sempre está a nossa frente? – Dizia Bear, já cansado e exausto pelo calor escaldante de Morroc.

    - Melhor irmos logo. – Ermian dizia tomando a liderança.

    Com isso, todos vão em direção da pirâmide. Andando juntos para não se perderem, conseguem encontrar a sala do professor de gatunos.

    - Ah, não gosto quando tenho que falar com tanta gente de uma só vez... – Yuji, professor das habilidades especiais dizia, com voz de desdém.

    - Fomos mandados por aqui, por um arruaceiro. – Ermian se apresentava.

    - Já sei quem são. – Yuji dizia ao notar o brasão no peito dos guardiões. – Eu sei um pouco da história, vou tentar explicar para vocês.

    Todos então, ficaram tensos, e observando o local, todos de guarda, para que não corresse o risco de serem atacados de surpresa.

    - Esse arruaceiro, pertence a um grupo de vândalos. Aquele antigo líder de vocês. Ele um dia prendeu um desses arruaceiros.

    - Vingança? – Muitos dizem ao mesmo tempo, enquanto outros apenas pensava.

    - O mais provável. Mas alguns dizem, que esse Rockstar, matou esse arruaceiro. Pois a última vez que viram esse arruaceiro, foi junto a Rockstar. Cada um tem uma suposição, mas por nunca mais terem visto ele, imagina-se que tenha sido morto.

    Com isso, todos entram em choque. Não imaginavam Rockstar, tão frio a ponto de matar uma pessoa, por pior que fosse, não sem ter um bom motivo para isso.

    - Se realmente estiverem dispostos em saber sobre ele, e toda essa história, aconselho irem na guilda dos arruaceiros. Eles devem ter mais informações sobre isso. Podem esclarecer mais suas dúvidas. Não é mais um lugar secreto, portanto, será fácil achar.

    E assim, seguem em direção a guilda dos arruaceiros. Agolas, que já tinha o caminho decorado na cabeça, guiou os outros até o local.

    Caminharam por um bom tempo. Sob o exaustivo sol de Morroc. Em um momento, Ferus que passava sob uma ponte, acabou deixando um colar cair, nele, um símbolo que representava o deus Tyr.

    - O meu colar, é um presente do meu pai. – Ferus dizia ao ver o colar caindo.

    - Vai Falcon – Pay On gritava para que seu falcão fosse pegar o colar. Por sorte, o falcão obteve sucesso, e conseguiu pegar com sucesso.

    - Obrigado Pay. – Dizia Ferus contente ao ver novamente seu colar.

    Ermian por sua vez, achara isso muito estranho. E começou assimilar, Ferus, era um aluno seu em Asgard, filho de Tyr, foi treinado por Ermian até seus 13 anos de idade. Mas relutou, pensando ser uma mera coincidência.

    Chegando ao local, resolvem entrar todos juntos. Sabiam que para qualquer imprevisto, unidos, seriam mais fortes. Logo que entram, começam procurando com um investigador que ficava logo próximo a entrada, já reclamando.

    - Mas que droga, isso não é mais uma guilda. Hoje isso parece um mercado, todos entram, todos conhecem, mas que saco. – Dizia nervoso.

    Um tanto confusos, resolvem ignorar o mal humor do investigador, e vão direto ao assunto.

    - Estamos procurando por um arruaceiro ele... – Ermian é interrompido pelo estresse do Investigador.

    - Mas o que diabos pretendia encontrar aqui? Você está em uma guilda de arruaceiros. Não duvido que estejam atrás de alguém que deva ter batido numa velhinha... é isso? – Dizia um tanto mais receoso na última frase.

    - Não. Na verdade, o caso é bem mais sério. – Ferus dizia olhando ao redor.

    - Sugiro falarem com o Agente, logo a frente. Ele deve conhecer esses arruaceiros melhor que eu.

    Logo avistam o agente, e vão em direção à ele, para conversarem.

    - Não precisam sequer contar a história novamente.

    - Eu já vi esse arruaceiro aqui. Foi um dos melhores alunos, bem calculista. Um ótimo planejador. Não é a toa que estão tendo tanto trabalho. – O Agente dizia com um rosto sério. – Desçam o lance de escadas, procurem por Marybell, ela vai lhes explicar mais detalhadamente.

    E assim, descem as escadas, como indicado, ficando cada vez mais confusos.

    - Estão com uma expressão de cansaço. O que aconteceu? – Marybell dizia com um rosto de quem ironizava a situação.

    - Estamos a procura de um arruaceiro. Esse mesmo atacou um sacerdote. – Ermian dizia com a voz rústica.

    - Ah claro. Ele é brilhante neh?

    - Como? – Todos diziam surpresos com a reação.

    - Ele é ótimo, perfeito em seus cálculos, manipulador... – Ela dizia como se fosse uma lista interminável. – Pode ver o que ninguém nota. Muito esperto por sinal.

    - Por que está o elogiando tanto? Por acaso gosta dele? – Yuuki perguntava, sem gostar do jeito de Marybell.

    - E quem não gosta dele? Para lhes deixarem mais por dentro da história, vou lhes contar uma parte dela. Esse arruaceiro por quem procuram. É o mesmo que um dia foi preso por Rockstar. – Todos ficam boquiabertos, mal conseguindo emitir o som de uma letra sequer.

    - Exatamente, ele conseguiu fugir de Rockstar. Nesse exato momento, ele deve estar seqüestrando alguém que possam ter deixado pra trás. Não imagino quem. – Logo Marybell cai na gargalhada.

    - BENTO! – Todos dizem ao mesmo tempo. – Temos que ir logo. – Ermian dizia levando todos até a saída.

    Mas antes que pudessem sair. Um homem com feição bem assustadora, se coloca na frente.

    - Quem disse que poderão sair daqui? – O homem barrava a saída.

    Enquanto isso, no Templo.

    - Panno, pode me ajudar? – Bento se aproximava andando bem devagar, quase se arrastando.

    - Bento, você não deveria estar de pé. – Panno se aproximava, passando o braço de Bento sob seu ombro frágil. – O que está querendo?

    - Me leve até a base do clã? Preciso ver algumas coisas lá. – Bento dizia sorrindo.

    - Ta bom, ta bom. Mas vamos devagar. Você não está nada bem. – Panno dizia, não gostando que Bento saísse sozinho.

    Logo então, Panno, o ajuda chegar na base. Andando com pequenos passos. Chegam sem qualquer problema.

    - Obrigado Panno. Pode voltar ao Templo. Ficarei aqui esperando os demais. – Bento dizia, ao chegar próximo a mesa da sala de estar da base.

    - Ah Bento, não gosto da idéia de ficar aqui sozinho com esse machucado. – Panno fazia careta ao ver a péssima mobilidade de Bento.

    - Calma Panno, sou um Sacerdote lembra? Eu sei me cuidar. – Bento dizia com um leve sorriso. – Vá, não se preocupe, logo os outros chegarão, tenho certeza.

    - Tudo bem. Mas tome cuidado. – Panno dizia saindo da base de má vontade.

    Logo, Bento se dirige ao segundo piso da base. Onde ficavam algumas mesas, estantes e camas. Queria escrever algo, logo então se dirige para a mesa, onde já tinham alguns papeis e uma pena com tinta, com a qual gostava de escrever.

    Bento então, escrevia uma espécie de testamento.

    Bento então termina de escrever seu testamento. Queria que seu pai assumisse o cargo de Comandante Edda, caso algo viesse acontecer. Então deixa o testamento sob a mesa com uma coroa em cima. Bento a colocara como símbolo de comando do Garten Von Edda.

    Terminando de escrever, Bento resolve descer, ficar na sala, descansando, enquanto esperava pelos outros do clã.

    Mas nesse momento, a porta é aberta com uma porrada. Um homem, com um manto negro, carrega Bento para fora dali.

    - Desgraçado, me solte, irá pagar pelo seu ato... – Bento dizia enquanto erra carregado para longe.


    De volta a guilda dos Arruaceiros

    Uma enorme batalha estava acontecendo. O Homem era forte, aguentava muitos dos ataques. O homem por muitas vezes, conseguiu se esquivar de alguns ataques, em algumas ocasiões, conseguiu até um contra ataque.

    Após muitos movimentos, Todos conseguem uma brecha, e atacam de uma só vez, conseguindo desmaiar o homem.

    Sem delongas, logo partiram de volta para Rachel. Pay On, conseguindo correr mais que os outros, conseguiu chegar ao templo primeiro, mas logo foi barrado na entrada.

    Pay On queria entrar a todo custo, mas faxineiras do Templo não o permitiram entrar, visto que estavam limpando.

    Ermian logo aparece, sem se importar com limpeza ou qualquer outro empecilho, se dirige diretamente para Panno, perguntando se Bento estava bem.

    Panno então explica, que havia ajudado a levar Bento até a base, e que ele iria esperar lá.

    Sem falar mais nada, Ermian junto aos outros, correm em direção da Base, chegando lá, não ouvia-se qualquer barulho, cada um começou a investigar um cômodo da base.

    Ermian sobe para o segundo piso, onde encontra a carta e a coroa. Logo os demais chegam, enquanto Ermian lia a carta em voz alta.




    Todos ficam surpresos com a carta. Ninguém conseguia dizer nada por algum tempo, um silêncio permaneceu no lugar.

    - O Bento resolveu sumir? – Yuuki dizia ainda sem entender.

    - Ele não poderia fazer isso... – Ermian dizia enquanto descia as escadas junto aos outros.

    Ao chegarem na entrada, discutindo possibilidades, notam um pequeno bilhete, cravado com uma adaga na porta:

    avatar
    Bento
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 533
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 23/12/2010
    Idade : 24
    Localização : Rune Midgard

    Re: Relatório [RP: Não me Procure!]

    Mensagem  Bento em Ter Set 20, 2011 6:41 am

    Bom, ta ai pessoal. Um dos relatórios que devia já estar pronto. Da RP Não me Procure. Espero que gostem.
    avatar
    Power Ranger Azul Piscina
    Seeker
    Seeker

    Mensagens : 380
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 13/11/2010
    Idade : 22
    Localização : Atrás de você, olhando por cima do seu ombro... Nem pense em virar.

    Re: Relatório [RP: Não me Procure!]

    Mensagem  Power Ranger Azul Piscina em Ter Set 20, 2011 7:29 am

    Q_Q

    Beeento t-t, não nos abandone amiga D:
    Nossa, foi muito legal a RP, e acho que merece uma continuação \õ\
    Bom é isso.
    PS: Se eu não entrar hoje é por que eu tive que terminar um trabalho <_>
    PSS: O "Se eu não entrar hoje" só vale para de noite Ù_U
    PSSS: Oi *-*

    Conteúdo patrocinado

    Re: Relatório [RP: Não me Procure!]

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Out 24, 2017 7:14 am